Buscar
  • kellen546

DE ATLETA PARA ATLETA


Costumamos ouvir alguns atletas amadores reclamando de ir a um profissional da saúde que "não entende" do seu esporte, da sua rotina e das suas necessidades.

.

A abordagem relacionada aos fatores psicológicos e sociais influenciados pela prática esportiva também é, muitas vezes, deixada de lado. Como exemplo de questionamentos frequentes: "Preciso interromper completamente a prática do esporte para tratar essa lesão? Ficarei muito estressado e isso me atrapalhará no trabalho e no ambiente familiar? Como podemos minimizar esse problema, doutor?"

.

Nem sempre a teoria de forma isolada é suficiente. Entender a modalidade esportiva, suas particulares biomecânicas e logísticas, bem como a influência desta na vida social, profissional e familiar do atleta é fundamental.

.

O tão falado "skin in the game" se torna cada dia mais necessário. Se você ainda não está familiarizado com o termo, skin in the game, significa colocar a própria pele em risco, quando você consome e efetivamente confia em um produto que está vendendo, por exemplo.

.

No nosso caso o nosso skin in the game é possuir profissionais que praticam esporte rotineiramente, que entendam a rotina e desafios proporcionados pela prática.

.

Por isso, criamos o conceito de Atleta para Atleta, onde a abordagem do tratamento de atletas e praticantes de atividade física é realizada por profissionais da saúde que praticam e vivem o ambiente esportivo, nas mais variadas modalidades e intensidades.

.

No próximo post falaremos das vantagens do conceito e onde ele se aplica.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo