Buscar
  • kellen546

QUANDO A DOR NA MINHA COLUNA PODE SER CIRÚRGICA?



Conviver com dores nas costas sem tratamento pode prejudicar diferentes órgãos e funções motoras. Em geral, as dores na coluna tem relação com alterações nos discos intervertebrais, músculos, ligamentos e nervos, que podem ter início em diversas regiões do corpo.


⛔Mas como saber se o meu caso pode ser cirúrgico? Em algumas situações não temos como solucionar de uma forma não cirúrgica como as abaixo:


1⃣Se você já primeiro esgotou todos os tratamentos não cirúrgicos, como a fisioterapia.

2⃣Nos casos que envolvem lesões graves (como grande parte das lesões torácicas), os pacientes podem necessitar de cirurgia espinhal em pouco tempo.

3⃣Se seus problemas na coluna o impediram de realizar suas atividades normalmente, isso pode ser um sinal de problemas sérios. Nesse caso, esses problemas podem ser melhorados com o tratamento apropriado.

4⃣Dor e função reduzida causada por problemas na coluna vertebral podem limitar significativamente sua capacidade de participar da vida de forma satisfatória. Se seus problemas na coluna estão afetando sua qualidade de vida, é hora de procurar um especialista.


Se depois de muito tentar, você e o seu médico chegaram a conclusão que a cirurgia é a melhor solução para o seu problema, a @clinicaatualli parceira da Ultra, realiza as suas operações de coluna por um método chamado cirurgia endoscópica da coluna, que é o procedimento mais moderno na atualidade para tratar hérnias de disco e compressões de nervos da coluna vertebral.


Uma analogia que podemos fazer é como se fossemos realizar um procedimento pelo buraco da fechadura, ao invés de abrir toda a porta.


E quais as principais vantagens em relação aos demais procedimentos?

✅Reabilitação precoce

✅Menor agressão cirúrgica

✅Menor tempo de internação

✅Menos dor pós-operatória


Se você apresentar um desses sintomas acima, isso não significa necessariamente que o seu caso seja cirúrgico.


Não tente auto-diagnosticar seus problemas, consulte um médico para fazer o diagnóstico correto.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo