Buscar
  • kellen546

Dor muscular ou lesão? Saiba como diferenciar uma dor pós-treino



Toda atividade física pode provocar dor muscular no dia seguinte, principalmente em iniciantes ou quando se aumenta a intensidade do treino.


Ela é normal, faz parte do esporte e até traz benefícios para o corpo. Mas, você sabe diferenciar essa dor natural de uma dor causada por lesão?


Veja nesse post algumas características importantes de serem observadas e que podem ser sinais de perigo!


A dor muscular pós-treino considerada normal é ocasionada basicamente por 2 razões:

1- Pelo fim do estoque de glicogênio dentro do músculo, que logo é reabastecido e essa dor cessa;

2- Por microlesões musculares que ocorrem, mas que logo são cicatrizadas, o que resulta na hipertrofia muscular.


Ou seja: sentir o corpo dolorido após um treino é benéfico, significa que os músculos passaram por um estímulo e, ao final da recuperação, estarão mais preparados para a atividade física.


Mas então, em que situações a dor é um sinal de que pode ter ocorrido uma lesão?

- Quando a dor não diminui em até 72 horas;

- Quando o incômodo não é no ventre muscular, mas sim na articulação;

- Quando há muita dor à palpação em um local bem determinado;

- Quando a dor parece uma pontada aguda no músculo e não uma sensação de rigidez, que é o esperado;

- Quando há hematoma, vermelhidão e inchaço na região.


Entender o corpo e seus limites é essencial para manter uma prática de atividade física saudável. Por isso, caso haja suspeita de que a dor não seja algo normal, procure ajuda profissional!


Esse conteúdo foi útil pra você? Comente aqui embaixo / Compartilhe com alguém


Conheça nossas unidades

0 visualização0 comentário