Buscar
  • kellen546

A NBA ESTÁ DE VOLTA E QUEREMOS FALAR UM POUCO SOBRE BASQUETE E NUTRIÇÃO


O basquete é um esporte intermitente e de alta intensidade que requer agilidade física e acuidade mental. As demandas de energia durante uma temporada de basquete são substanciais e podem ser até maiores durante os treinamentos fora da temporada de jogos.


Os carboidratos encontrados nas frutas e legumes, assim como nos grãos (pães, massas e arroz), são as fontes de energia preferível do corpo humano durante jogos e treinos de basquete.


Os carboidratos da dieta são armazenados como glicogênio no fígado e nos músculos, que se esgotam após 90-100 minutos de exercícios de alta intensidade. Consumir uma dieta rica em carboidratos (5-10 g/kg de peso corporal) e ingerir carboidratos durante os jogos ajuda a prevenir a redução dos estoques de glicogênio, o que resulta em fadiga muscular.


As proteínas são importantes para construir e reparar a musculatura. Jogadores de basquete devem obter 1,4-1,7 g/kg de peso corporal de proteínas ao dia.


As refeições pré-jogo devem ser ricas em carboidratos, pobres em gorduras e com baixo teor de fibras, com o objetivo de fornecer energia, eliminar a fome, e reduzir os riscos de estresses gastrointestinais. As refeições anteriores aos jogos devem ser sempre testadas antes de competições, já que cada atleta responde diferentemente.


Durante os treinos e jogos, os atletas devem consumir 30-60 g/h de carboidratos e se hidratarem com a quantidade certa de líquidos com eletrólitos para repor a perda pelo suor e minimizar as alterações no peso corporal.


Torneios são caracterizados por jogos de alta intensidade e curto período para a recuperação. Uma boa nutrição para a recuperação após os jogos, além de refeições pré-jogos bem planejadas, podem fazer toda a diferença entre ser campeão ou ir para casa mais cedo.

1 visualização0 comentário